top of page

O PROEIRO DO PASSADO E O PILOTEIRO DE HOJE NA ROTA DAS MONÇÕES.


Foto: Mestre Heleno conduzindo a embarcação com habilidade pelas aguas agitadas da cachoeira espanhola.


Ao navegar pelos rios, saindo de Porto Feliz (antigo Araraitaguaba) com destino as minas auríferas de Cuiabá, um dos grandes obstáculos era enfrentar as corredeiras, cachoeiras e desfiladeiros, principalmente no rio Coxim (antigo Cuexeym na língua geral brasílica).


Para percorrer o trajeto fluvial de 3.600 quilômetros era necessário ter excelentes remadores e experientes condutores práticos a que chamavam de proeiro. Os relatos monçoeiros descreviam com admiração a habilidade desses “mareantes” que com extrema maestria conduziam as embarcações por entre pedras, corredeira e cachoeiras violentas.


O famoso astrônomo Luso-brasileiro, Francisco José de Lacerda e Almeida faz uma pormenorizada descrição da atividade exercida por estes profissionais.


“Além dos dous guias, que, como fica dicto, vem na comitiva por practicos das cachoeiras, e por pilotos, vem também um remador dos mais antigos, e experientes d'ellas, com o titulo de Proeiro. [...] Este homem merece na verdade toda contemplação, pois nas descidas das cachoeiras leva a vida em muito perigo e risco; porque como o rio corre n'ele (para assim dizer) como a baila despedida da peça, é necessário desviar a proa e a canoa das pedras, que lhe estão em frente, e não bastando o leme, que também é um remo, vai este proeiroem pé na proa da canoa com um grande e forte remo nas. mãos para poder ajudar, e aumentar o effeito do leme, e rapidamente desviar . a canoa das pedras : como estas são muito dispersas, lhe é necessário mudar o remo para um e outro lado da canoa, conforme a necessidade o pede, e com grande presteza; se n'estas rápidas mudança succede escorregar, ou rossar a canoa em alguma pedra, ainda que seja levemente, vai ao rio, o se faz em pedaços , ou ao menos morre afogado” (LACERDA 1788).


Embora mais de duzentos anos tenham transcorridos, os obstáculos no rio Coxim continuam os mesmos. Embora as embarcações de alumínio sejam menores, e os remadores terem sido substituídos por potentes motores náuticos, para navegar pelas aguas turbulentas, faz-se necessário não só bons piloteiros, mas também a habilidade de guias práticos, que com extrema habilidade sabem conduzir as embarcações com segurança por águas revoltas. Os bons proeiros foram substituídos por excelentes piloteiros.


“Projeto Resgate, Promoção e Valorização do Patrimônio Cultural Sul-Mato-Grossense através da temática histórica da Rota das Monções no Rio-Cênico Rotas Monçoeiras e seu entorno /OSC Espaço Manancial/ Fundo Estadual de Defesa e de Reparação de Interesses Difusos Lesados – FUNLES”.


Rota das Monções – “Se o Brasil nasceu na Bahia, o Brasil cresceu por aqui”.


Saiba mais sobre as Monções :

11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page