top of page

ILUSTRES PERSONAGENS DA VIDA MONÇOEIRA NA ATUALIDADE. PAULO PITALUGA.


Imagem: Tela Oscar Pereira 9º encontro das monções no sertão, fotos de Paulo Pitaluga https://www.facebook.com/photo/?fbid=5165242140221034&set=ecnf.100002058962339


Em 1825, partindo de São Paulo na monção do Barão de Langsdorf, o desenhista francês Hércules Florence produziu uma coletânea de desenhos e ilustrações sobre a rota das monções. Ao descer pelo rio Taquari, sua monção pernoitou em um grande banco de areia na foz do rio, em sua junção com o rio Paraguai.


Florence com bastante realismo nos deixou uma imagem retratando as características ambientais da área, bem como, as atividades exercidas pelos tripulantes da importante expedição.


Quase cem anos depois (1920), sob a influencia do historiador Afonso Taunay, o pintor Oscar Pereira, utilizando como matriz visual o desenho de Hércules na foz do Taquari, nos presenteia com uma tela a óleo, dando vida, cores e movimentos aos momentos presenciado a um século antes. Se o desenho de Hercules muito nos revelava sobre o Taquari e o Paraguai no passado, a tela de Oscar encanta os olhos dos observadores, aguçando a necessidade de entender e conhecer a história do passado.


Mais cem anos se passaram (2022) e nos deparamos, agora não mais, com desenhos e pinturas, mas com estudos, pesquisas, escritos, livros e artigos que nos revelam detalhes minuciosos dos acontecimentos a época do ciclo das monções. Falo do escritor e professor Paulo Pitaluga, autor de 24 livros publicados e mais de 60 artigos especializados sobre a história de nossa terra. Os antigos escritos historiográficos das monções, a luz de suas pesquisas e dos novos documentos trazidos ao conhecimento público, como a pintura de Oscar Pereira sobre os desenhos de Florence, cria um visual enriquecedor e atraente sobre as monções cuiabanas e a história do Brasil.


A imagem inicial desta postagem reverencia o nobre escritor que dedicou grande parte de sua vida em levantamentos e estudos históricos. Trabalho este que tem influenciado positivamente esta geração e que com certeza produzirá bons e excelentes frutos nas gerações vindouras.


Dentre seus livros publicados cita-se, Cuyaverá, Cuiabá a Lontra Brilhante, Estudo crítico de um documento colonial anônimo, Indios Xarayés, Indios Cuiabás, Erros e Mitos, São Gonçalo Velho povoação cuiabana pioneira, dentre muitos outros.


Ao professor Paulo Pitaluga apresentamos o nosso agradecimento ao ato gentil de nos ter presentado com o seu artigo “Bibliografia Comentada das Monções Cuiabanas”, muito útil na elaboração de nossos posts. Ficamos muito lisonjeados por seu acesso as publicações de nosso projeto.


“Existe todo um mecanismo complexo de se analisar o fenômeno histórico à luz da economia, à luz da sociologia e de outros olhares”.(Paulo Pitaluga).


Museu Virtual de Personagens Justafluviais da Rota das Monções.

(Registrando, preservando e compartilhando a história de vida de ilustres ribeirinhos.)


“Projeto Resgate, Promoção e Valorização do Patrimônio Cultural da Rota das Monções. Fundo Estadual de Defesa e de Reparação de Interesses Difusos Lesados – FUNLES / OSC Espaço Manancial/ Salt Media”.



Rota das Monções: "Se o Brasil nasceu na Bahia, o Brasil cresceu por aqui.”










Como adquirir livro de Paulo Pitaluga:

Cuyaverá , Cuiabá a lontra brilhante : https://amzn.to/3iAI8xE




Visite a Rota das Monções (onde comprar):

South Pantanal Tours & Expeditions).

https://www.facebook.com/tourisminpantanal.




Saiba mais sobre as Monções:

@rotadasmoncoes

@movimenta_pantanal/






18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page