top of page

A ABUNDÂNCIA DE ANIMAIS NAS PRAIAS DO TAQUARI


Foto: Ariel Albrecht. Turista internacional em passeio de caiaque pela rota das monções no rio Taquari.


Ao navegarem pela rota das monções com destino as minas de Cuiabá, devido ao prolongado tempo que durava a viagem, além de adquirirem os gêneros Alimentícios produzidos nas roças de Camapuã e de Coxim, os viajantes ao entrarem no rio Taquari abasteciam suas canoas com a caça abundante existente na região.


O rio Taquari que já era assoreado desde então, com o acumulo de areia, formavam inúmeras praias onde pássaros, répteis e mamíferos eram vistos bem de perto, facilitando a aproximação, das canoas de montaria, que tinham a incumbência de abastecerem as demais embarcações com animais abatidos e peixes.


“... Entrei em Tacoari, acabando de passar a última cachoeira...è este rio

bastantemente largo... Quando leva pouca água, deixa várias praias descobertas, as

quais se enchem de caça...A caça de pelo também é infinita...” (Conde de Azambuja

1751)


Ainda hoje, na prática do turismo contemplativo e histórico na rota das monções, os visitantes nacionais e estrangeiros, munidos com suas máquinas fotográficas, tem a oportunidade de tirar belas fotos, podendo muitas vezes, se aproximarem dos animais parados sobre os bancos de areia ou nas margens do rio Taquari.


Os guias práticos das monções, na atualidade, treinados para este tipo de observação, levam lentamente suas embarcações até se aproximarem dos animais, permitindo que o visitante tire boas fotos que são levadas como recordação da grande aventura.


“Desde o Coxim reapareciam numerosas as antas das chamadas russas

também abundantes do Tietê, da grandeza de uma vaca mediana e no gosto muito

melhores”(TAUNAY).


Além do agradável passeio embarcado, o visitante ainda relembra o tempo das monções, acampando nas praias, curtindo as estrelas, ouvindo causos de pantaneiros em volta de uma fogueira e focando os olhos brilhantes de curiosos jacarés e outros bichos que se aproximam do acampamento.


É desta forma que a rota das monções possibilita hoje, a geração de renda de personagens locais que atuam no turismo sustentável de base comunitária.


“Projeto Resgate, Promoção e Valorização do Patrimônio Cultural da Rota das Monções. Fundo Estadual de Defesa e de Reparação de Interesses Difusos Lesados – FUNLES MS / OSC Espaço Manancial/ Salt Media”.


Rota das Monções: "Se o Brasil nasceu na Bahia, o Brasil cresceu por aqui.”


Nos siga no Instagram: @rotadamoncoes

5 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page